4 de novembro de 2009

Minha Amiga, Meu Amor

Amiga diga-me porque eu choro,
Diga-me amiga porque tenho tantas lagrimas em meu rosto,
Diga-me porque não secas minhas lagrimas,
Diga-me para que sirvo, sou apenas mais um em um coro ou sou alguem que desejas?

Dizer-le-ei que toda minha lágrima derramada,
Nao é tristeza, e sim felicidade,
Dizer-le-ei que toda minha ferida,
Nao é ferida dolorida, e sim ferida de batalha, ferida recompensadora,
E digo mais, luto por você que é minha amada


Pergunte-me porque tantas indagações,
Porque tantas canções mal escritas,
Porque alguns versos soltos,
Será que são para unir dois corações?


Irei me despedir de forma tao frígida,
Não se assuste,
Voltarei, assim que desejares,
Com a condição de que não exijas tanto de sua própia imagem,
Nao sejas tão rigida com você mesma


Beijar-te-ei em silencio,
Em forma de vento, que seus cabelos mecherei,
em forma de chuva, que sua boca beijarei,
em forma de sol, que sua pele tocarei
e novamente em silencio me eternizarei em seus sonhos

Como sonho Lindo, eu irei lhe aparecer,
Como sonho perfeito, em teu sono entrarei,
Como uma Linda Realidade, serei seu ate o fim da eternidade,
Como uma linda felicidade, eu serei para voce
Intaum minha linda amiga,
Comigo irás ate o fim?

[JPNA]

Um comentário:

dayane disse...

Muito Lindo esse *---*